Quanto Custa Um Filho Autista

Você já parou para pensar quanto custa um filho Autista? Qual o valor para criar e cuidar de uma criança com TEA? É o mesmo valor para cuidar de uma criança “normal” (típica)? Neste artigo vamos responder estas perguntas e muito mais. Para a base científica dos estudos, o modelo de dados foi de um filho a partir do nascimento até 23 anos (que é a idade média de formação na universidade).

Para começar, vamos pensar juntos: Se você, pai e mãe de criança (típica ou atípica), não tivesse este filho. Qual o valor que teria no banco após 23 anos? Considerando que colocaria na caderneta de poupança todos os gastos que “economizaria” não tendo a criança.

Um jornalista foi as ruas da cidade fazendo esta pergunta para pais e mães. A resposta foi muitas vezes “Não Sei” e “Não faço a mínima idéia”. Alguns chutaram valores entre 100mil a 1 milhão de reais. Vou te dizer. Estão perto da verdade.

Para este artigo, primeiramente vamos considerar os gastos de uma família com uma criança típica. E para finalizar vamos acrescentar a estes gastos o tratamento do autismo, para crianças com TEA.

As pessoas tem filhos e não querem pagar por isso

Para considerar os gastos deste artigo, uma criança típica necessita de dinheiro para mensalidades escolares, alimentação, transporte, roupas, etc. E uma criança com TEA tem todos estes gastos mais psicólogos, psicopedagogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, remédios especiais dentre outros gastos invisíveis, como o transporte para todos estes profissionais médicos.

O que mais pesa em todos os gastos para você? Muitas vezes as pessoas tem filhos e depois não querem pagar por isso. As pessoas não fazem as contas e ficam irritadas com o preço das coisas. Tenho um amigo que sempre brinca comigo dizendo:

“Filho é um brinquedo caro demais para ter mais que um”.

Além disso, de acordo com a classe social, os produtos que os pais julgam necessários podem variar de preço em muito mais de 100%. Na abertura do desenho dos Simpisons, o preço da MEG era o valor pago por um americano médio por mês para criar cada filho. Nota: O preço é em dólar.

Maggie sendo passada no leitor de código de barras

Preço de um Filho “Normal” no Brasil

Antes de falar do preço de um filho autista, precisamos saber o preço do filho típico, para poder comparar. Segundo estudos, o valor gasto com os filhos até 23 anos, varia, conforme classe social.

Vamos considerar que existem 5 classes sociais:

Classe SocialRenda Mensal Familiar
DAté R$ 1.999
CEntre R$ 2.000 e R$ 5.999
BEntre R$ 6.000 e R$ 24.999
AAcima de 25.000

Ou seja vamos imaginar uma família onde o pai e a mãe trabalham e cada um ganhe 3mil reais. Juntos eles teriam como renda familiar mensal o valor de 6 mil reais. Esta família é considerada classe B no estudo.

Agora que nós já identificamos nossa classe no estudo, vejamos abaixo o valor gasto por cada classe social por CADA FILHO, dos 0 aos 23 anos.

ClassseValor Gasto (0 a 23 Anos)Características dos Gastos
DR$ 53.000Totalmente dependentes do serviço público. Escola, SUS
CR$ 400.000Parcialmente dependentes do serviço público
BR$ 950.000Neste ponto entram gastos como escolas particulares
e planos de saúde.
AR$ 2.000.000Escolas bilíngues, viagens a Disney.

É muito dinheiro, não é? Provavelmente você deve estar pensando: “Meu filho de quatro anos já está me devendo uma grana”. Brincadeiras a parte, claro que não se pode simplesmente comparar crianças com dinheiro gasto. Filhos nos trazem coisas que nenhum dinheiro no mundo paga. Porém este é um estudo apenas técnico, que serve como curiosidade para nós sabermos o investimento que fazemos em cada um dos pequenos.

E os Autistas?

Toddler sitting on stacks of money

Preço de um Filho com TEA no Brasil

Vamos começar considerando que um filho com TEA antes de tudo é um ser humano normal. Tem gastos com roupas, comidas assim como qualquer criança típica. Ou seja, ja partimos do valor gasto nos quadros acima. Se você é classe B, começa gastando R$ 950.000 para criar um filho até os 23 anos. Agora vamos adicionar a isso o valor gasto com o tratamento do TEA

Não é barato tratar do TEA no Brasil. São muitos profissionais envolvidos no tratamento semanal, e cada um custa em média R$ 150,00 por sessão de 45 minutos. O tratamento depende é claro da necessidade de cada criança. Alguns precisam de 4 sessões por semana, outras mais de 10. Sim, mais sessões do que dias da semana.

Segundo reportagem do grupo Globo, um tratamento para crianças com TEA custa entre R$ 3.000 reais a R$ 9.000 mensais, dependendo do poder aquisitivo dos pais e necessidades da criança. Apenas parte dos gastos são reembolsados pelo plano de saúde, quando existente.

Considerando o valor mínimo apontado na reportagem, ou seja R$ 3.000. Ao final de 23 anos de tratamento (sim, não existe cura do autismo, o tratamento pode ser para sempre), o valor é de incríveis R$ 828.000.

Ou seja, os custos para criar uma criança com autismo no Brasil, considerando a família como classe B, são quase o dobro dos custos da criação de uma criança típica.

E o Governo?

Onde o governo entra nesta história? Entra na medida de melhorar medidas sociais para inclusão das famílias com autistas. Melhoria nas escolas, maior participação do SUS nos tratamentos obrigatórios e uma legislação mais avançada nas causas dos diagnosticados com TEA já seriam uns bons primeros passos a serem dados pelo governo.

Homenagem Aos Heróis

Pais de crianças com autismo, este final é para vocês: Sei exatamente como é difícil achar os melhores médicos, conseguir levar as crianças ao tratamento todos os dias. Sei que é complicado conciliar com o trabalho, sei dos atrasos constantes de quem é empregado. Sei que é difícil para quem é PJ achar horas para levar os filhos ao tratamento. Sei que a vida social as vezes quase acaba. Ainda mais de quem não tem rede de apoio. É trabalho demais. Tenho dois filhos, um típico e outro com TEA e posso afirmar que SÃO MUITO DIFERENTES. O filho com TEA gasta mil vezes mais a minha energia que o outro. Mas algo posso afirmar para vocês: Continuem o tratamento, contra tudo e contra todos, vale a pela no final. Meu fillho deu um super salto para melhor. O de vocês também dará. Vocês são heróis. Adimiro cada um de vocês. Se sintam abraçados. Não desistam. Até a próxima.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: