Empresa de TI Emprega Adultos com Autismo

Empresa de TI que emprega Adultos com Autismo abre escritório em Columbus como base para operações nos Estados Unidos.

Uma empresa de consultoria de TI chamada Auticon emprega profissionais de tecnologia no espectro do autismo e planeja 50 empregos em um novo escritório na região de Columbus, o primeiro nos EUA fora da Califórnia.

A Auticon está contratando agora, mas ainda não selecionou um local de escritório. Certamente ele pode se basear temporariamente no escritório de um cliente em Ohio central, disse um porta-voz por e-mail.

“Nossos planos começam com Columbus e se expandem por Ohio”, disse o porta-voz David Reeve.

Adultos com Autismo

Quatro grandes empresas de TI da região central de Ohio assinaram como seus primeiros clientes no estado, disse ele, mas seus nomes ainda não foram divulgados.

Segundo descrito na página da empresa Autismo não é um erro de processamento, mas sim outro Sistema Operacional.

Quem é a Autcon

Fundada há oito anos em Berlim, Alemanha, a Auticon possui cerca de 250 funcionários em 15 locais no mundo. Este ano, expandiu-se para o Canadá por meio de uma aquisição. De acordo com a empresa os serviços incluem análise de negócios, inteligência artificial, desenvolvimento e migração de software e garantia e teste de qualidade.

“Estamos ansiosos para expandir a região de Columbus e trabalhar com muitas pessoas talentosas e empresas de tecnologia”, disse o CEO Kurt Schöffer em comunicado à imprensa. Como resultado das nossas pesquisas descobrimos que as empresas baseadas em Columbus são muito colaborativas na solução das necessidades de negócios de TI com uma solução inovadora da força de trabalho.

Entre os serviços da empresa estão testes de software. Certamente os autistas são mais especialistas em procurar e achar coisas que pessoas tipicas jamais achariam, disse a empresa.

A taxa de desemprego é de até 85% entre os Adultos com Autismo, disse Reeve. Independentemente de suas habilidades ou treinamento, situações sociais como uma entrevista de emprego competitiva apresentam barreiras. Os funcionários da Auticon estavam desempregados uma média de três anos antes de trabalhar para a empresa – incluindo um homem em sua sede nos EUA em Santa Monica, Califórnia, que possui um mestrado em matemática.

A Auticon fornece treinadores de trabalho para funcionários e trabalha com clientes para combater medos ou estereótipos.

“Queremos dissipar esses mitos e informar essas empresas que trabalhar com alguém no espectro é muito parecido com trabalhar com outra pessoa”, disse Reeve por telefone. “Eles recebem um funcionário muito qualificado e muito competente. Para muitos, Adultos com Autismo podem fornecer camadas adicionais de concentração e foco que outros podem não ter”.

Neste outro artigo, mais um exemplo de recrutamento exclusivo para Autistas, agora para formar Unidade Especial do Exército.

O que é o Autismo

A Organização Mundial da Saúde resume os diferentes diagnósticos do espectro do autismo sob o termo ‘distúrbios do desenvolvimento neurológico’. No entanto, o termo transtorno é cada vez mais substituído pela noção de neurodiversidade. Essa abordagem reconhece que o autismo é uma característica comparável à etnia, gênero e orientação sexual.

Se uma pessoa autista experimenta ou não sua condição de deficiência depende do indivíduo. Alguns movimentos de defesa pessoal e orgulho autista não veem as pessoas autistas como deficientes – elas veem o meio ambiente como fator limitante. Para outros, o próprio autismo pode ser muito incapacitante. De qualquer forma, é importante reconhecer que todas as pessoas autistas têm direito a ajustes razoáveis.

Um diagnóstico do espectro do autismo inclui os seguintes critérios:

  • Diferenças (qualitativas) na interação social
  • Diferenças (qualitativas) na comunicação
  • Comportamentos, interesses ou atividades limitados, repetitivos ou estereotipados

No Brasil

A empresa recentecente chegou na Austrália. Esperamos seu desembarque no Brasil em breve. Há muitos Adultos com Autismo aqui precisando de empregos.

No Brasil existe uma empresa com proposta semelhante. Chama-se Specialisterne. Não sei se estão contratando no momento que você está lendo este artigo, mas não custa nada entrar em contato, enviando seu currículo.

Neste endereço você pode entrar em contato com a empresa brasileira. Boa Sorte!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: