autismo leve em crianças

Autismo Leve em Crianças

Como eu consigo identificar autismo leve em crianças? Como eu sei que não se trata apenas da personalidade de uma criança?

Muitos pais, e aqui me incluo também, tem centenas de dúvidas quando desconfiam que seus filhos possam ter autismo. A visão que temos como leigos, quando estamos no inicio da busca do diagnóstico dos nossos filhos, é que talvez por se tratar de autismo leve, não seja mesmo autismo.

Vejo muitas pessoas falando, ah, mas é “asperger”, como quem diz, “não é autismo, é outra coisa”.

O fato é que se é asperger é autismo leve sim. E realmente chegar ao diagnóstico de algo leve é muito mais complicado. A chance de você ter um diagnóstico falho é muito maior.

Infelizmente muitos profissionais ainda não entendem realmente sobre autismo. Estão habituados com os sinais mais clássicos do autismo, como a criança não se comunicar totalmente, não falar, não olhar nos olhos, não permitir o toque de outras pessoas.

Mas o autismo leve é um dos níveis do transtorno do espectro autista. E se está dentro do espectro é sim autismo.

O que causa muita confusão é que as pessoas dentro do autismo leve muitas vezes conseguem se comunicar, falar e olhar nos olhos. Isso não significa que façam isso da mesma forma que uma pessoa típica. Lembro da professora do meu filho me dizendo “Ele não olha diretamente para você, olha para algo na sua roupa…e ele não apresenta dificuldades para entender o que falamos”.

O que faz com que muitas pessoas tenham dificuldades no diagnóstico do autismo leve é que a pessoa dentro desse nível apresenta autonomia de locomoção, faz as coisas sem depender muito dos outros. E essa “aparente ” autonomia faz com o autismo da criança passe desapercebido.

Os sinais mais clássicos de autismo leve vão da falta de interação social até crises de agressividade e muitos problemas relacionados aos transtornos de processamentos sensoriais

Costumo dizer que de leve o autismo leve não tem nada. Você acaba tendo muitos obstáculos pelo fato de seu filho parecer não ter nada. Enfrente o preconceito de quem coloca rótulos na criança como o de esquisito, mal educado ou mimado.

Existem estudos que mostram que a taxa de depressão entre pessoas com autismo leve é muito grande. O mundo não consegue entender que eles possuem algo diferente. Costumo dizer que o Autismo é a deficiência invisível. . O mundo os vê como pessoas absolutamente iguais a todos devido ao fato de que o autismo não tem cara.

Vou listar alguns dos sinais que notei no meu filho, mas você pode ver uma lista mais ampla com 23 sinais de autismo em crianças e poderá assim notar se seu filho apresenta vários deles. Se notar que seu filho pode ter autismo, procure um especialista em autismo que possa lhe ajudar na busca pelo diagnóstico.

estereotipias

E quando você receber a confirmação de autismo leve, não ache que seu filho não precisa de intervenções. Ele precisa sim! Quanto antes as terapias começarem, melhor será par a vida futura do seu filho.

Cinco sinais de autismo leve

1 – Dificuldade para interagir com outras crianças ou pessoas – aqui em casa o nosso filho nunca curtiu dar abraços ou ir no colo de pessoas que não fossem eu, meu marido e uma ou outra tia. O contato físico para ele é algo muito delicado. Ele necessita confiar e conviver muito com a pessoa para permitir que ela toque na sua mão ou lhe dê um abraço.

Ele não consegue interagir com outras crianças de forma natural, partindo esse contato dele. Percebo que ele gosta de brincar com as outras crianças, mas não sabe como iniciar a interação no grupo.

2 – Fica extremamente irritado quando sua rotina é quebrada – autistas gostam muito de rotina. Ter uma rotina estabelecida ajuda eles a ficarem equilibrados. Traz confiança. Meu filho tem vários rituais para a hora de dormir e basta eu esquecer que são 5 colheres de farinha na hora de preparar o leite da noite que ele simplesmente surta. No começo eu nem sabia o que fazia ele chorar, se jogar no chão… até que um dia ele jogou a mamadeira longe e percebi que era algo relacionado ao modo de fazer o leite dele. Ele não suporta que eu cante outra música que não seja a preferida dele na hora de dormir. Posso listar centenas de coisas que irritam profundamente ele quando a sua rotina é quebrada.

3 – Não ter medo de situações perigosas – muitas foram as vezes em que precisei retirar meu filho de dentro de uma piscina. Ele vê a água e já vai se jogando. Não entende que pode se machucar. Ele também tem a mania de colocar a mão em insetos. Várias vezes quer sair correndo em direção a rua.

sintomas de autismo

4 – Não responder pelo nome ou parecer ignorar o que você fala – lembro de certa vez que um neurologista perguntou se meu filho era surdo. Ele me disse “eu chamo e ele não responde”. Nem tinha ideia que se tratava de autismo. Fui observando que várias vezes eu preciso chegar bem perto dele e dizer “Olha para a mamãe” ou mesmo pegar no rosto dele e direcionar o olhar para mim.

5 – Como se não se importassem com as coisas – algo que para outra criança seria terrível, para eles é como se não tivesse importância. E claro que não significa que eles não sintam. A questão é que eles percebem as coisas de forma diferente.

6 – Atrasos no desenvolvimento – se você perceber que seu filho possui atrasos no desenvolvimento como na fala ou na parte motora, fique também atento.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: